Sucos naturais que ajudam a controlar a febre | Grupo Saúde Brasil

Suco de maracujá

Sucos e alimentos naturais para ajudar ao controle da febre

“Primeiramente precisamos entender que a febre não é uma doença, mas um sintoma e apesar de ser cercada de mitos e até de certo pavor, principalmente se acontecer à crianças, a febre não necessita de preocupações exageradas quando ocorre a pessoas saudáveis, enquanto estiver em níveis moderados.”

SINTOMAS:

Caracteriza-se pela elevação da temperatura corporal acima dos níveis considerados normais, que ficam entre 34 até 37,4° C.

Quando a pessoa apresenta temperatura acima de 37,5° pode ser considerada febril.

A elevação da temperatura pode ser dar por vários fatores, entre eles: infecções; sequelas de lesão tecidual; rejeição à enxerto; inflamações; processos malignos, etc. As tão temidas convulsões ocasionadas por febre, não são comuns, ocorrendo com pequena parcela de crianças sadias, mas podem sim ocorrer quando as pessoas tem predisposição, mesmo quando a elevação da temperatura for mínima.

Quando a febre fica entre 37,5 e 38° C é considerada de baixa intensidade; entre 38 e 39°C, moderada e, em mais de 39°C, alta.

Como geralmente é uma resposta do organismo à uma doença, ela pode ser considerada benigna. Apenas se chegar aos 42°C é que pode causar danos aos neurônios, atingindo a meninge, nesse caso, é chamada de hipertermia maligna.

Apesar de ser cercada de mitos e até de certo pavor, principalmente se acontecer à crianças, a febre não necessita de preocupações exageradas quando ocorre a pessoas saudáveis, enquanto estiver em níveis moderados. Não há necessidade de desespero para baixar a temperatura imediatamente, como muitos pensam.

Algumas circunstâncias, no entanto, sim, merecem um controle mais cuidadoso da temperatura e, em caso de febre, medidas urgentes devem ser tomadas:

Quando ela vem acompanhada de outros sintomas, como: diarreia, vômito, confusão mental, rigidez na nuca, forte dor de cabeça, fortes dores de garganta, qualquer dor muito forte ou pontadas em qualquer parte do corpo; tosse, erupções de pele, dificuldade para respirar, sonolência ou irritabilidade excessivas, feridas inflamadas, etc. Nesses casos, é recomendável procurar um médico imediatamente.

Tratamentos naturais para baixar a febre Além dos banhos mornos e o resfriamento do local onde a pessoa febril se encontre, outros remédios caseiros ajudam a controlar a febre:

AGUA COM ALHO:

Agua com Alho
Alho

Preparar a chamada “água de alho”: colocar dois dentes de alho amassados, em um copo de água, por seis horas, coar e tomar três vezes ao dia. Ou ainda, uma cápsula de alho, duas vezes ao dia.

SUCO DE CEBOLA:

Suco de cebola
Cebola costada

Misturar 2 colheres de sopa do suco da cebola, em uma xícara de água. Tomar às colheradas.

SUCO DE MELANCIA:

Suco de melancia
Suco de melancia

Durante as crises de febre, as dietas de sucos naturais são excelentes e a melancia é uma das frutas especiais para baixar a febre. Tomar um copo do suco de melancia, três vezes ao dia.

SUCO DE LARANJA:

Suco de laranja
Suco de laranja

Beber suco de laranja ou poncã, várias vezes ao dia, sem adicionar açúcar.

CHÁ DE CAMOMILA E ALFAVACA:

Chá de camomila
Chá de camomila

Misturadas, use três colheres de sopa para cada litro de água fervente e beba de duas a três vezes ao dia, acrescentando 15 gotas de própolis para cada dose. Em caso de crianças, a dose deve ser a metade.

ALECRIM E PRÓPOLIS:

Alecrim
Alecrim e outras ervas

Misturados, usar três colheres de sopa de akecrim para cada litro de água, 2 ou 3 xícaras ao dia, com 15 gotas de própolis para cada dose.

SUCO DE MARACUJÁ É BOM PARA FEBRE?

Suco de maracujá
Suco de maracujá

A combinação de todos os nutrientes dão ao maracujá o poder antioxidante, o que melhora o funcionamento do organismo, ajudando a melhoraria em caso de febre.

Sabor azedinho e a fama de calmante natural, fazem dele um dos preferidos nas casas de sucos.

Só que nem todos sentem os benefícios do maracujá.

Agora, ao tomar um copo de suco de maracujá, além de sentir o sabor, já se pode ter certeza de estar ingerindo propriedades medicinais importantes para saúde. Pesquisadores da Unicamp comprovaram que o maracujá realmente acalma e descobriram vários outros benefícios.

Em laboratório, cientistas estudaram quatro tipos do fruto, incluindo o azedo, o mais comum. A casca que sempre vai parar no lixo também foi avaliada. “Parte dela se aproveita para a produção de uma farinha que é recomendada para pessoas que têm nível elevado de glicose para reduzir, pelo menos, de 15% a 20% este teor”, garante Glaucia Pastori, pesquisadora da UNICAMP.

Na polpa há vitaminas do complexo B, C, vitamina A, sais minerais além de um potente vermífugo identificado nas sementes. “Essas propriedades passam para o suco. Quando a pessoa ingere o suco, está consumindo”, explica.

GENGIBRE:

Chá de gengibre
Chá de gengibre

O gengibre, associado à flor de sabugueiro e à hortelã, se torna uma opção excelente para baixar a febre, já que esse chá estimula a circulação e transpiração, fazendo com que a febre baixe de forma segura.
Ferva 250ml de água e coloque em cima de duas colheres de chá de gengibre, 1 colher de chá de flores de sabugueiro secas e uma colher de chá de hortelã numa xícara, deixando tampada por uns dez minutos. Esse chá deve ser bebido várias vezes ao dia por quem estiver com febre.

Vegetal nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, que pode ser capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

Em caso de crianças, a dosagem deve ser a metade.

Outros tratamento natural conhecidos para baixar a febre

O tratamento natural para baixar a febre inclui:

Colocar toalhas molhadas em água fria na testa; Retirar o excesso de roupa; Repouso; Tomar um banho em água morna, não em água fria porque pode aumentar os batimentos do coração; Beber água fria ou sucos para não ficar desidratado.
Este tratamento natural para baixar a febre também pode ser feito para complementar o tratamento com medicamentos.

“O uso de produtos naturais não substitui a orientação médica ou qualquer tipo de tratamento.” Visite o seu médico regularmente e faça um plano de saúde.”

Rolar para cima