Primeiro semestre da gravidez: os cuidados necessários

Primeiro semestre da gravidez

O primeiro trimestre de gravidez é cheio de descobertas e preocupações para os futuros pais da criança. No texto abaixo vamos listar e explicar alguns cuidados a serem tomados e exames a serem realizados a fim de garantir uma gestação mais segura e saudável, não só para a mãe, como também, para o bebê.

O que é normal sentir no primeiro trimestre da gravidez?

Ademais, o primeiro trimestre da gravidez é repleto de mudanças. O feto está se desenvolvendo rapidamente, formando os principais órgãos do corpo humano como coração, pulmão, fígado, intestino, rins e medula. A gestante também passa por muitas adaptações para manter e nutrir adequadamente essa nova vida.

Os sinais comuns nesse período da gestação são:

  • Aumento da frequência urinária;
  • Cansaço e sonolência;
  • Dor nas costas ou no corpo;
  • Náuseas ou vômitos, principalmente no período matutino;
  • Alterações no humor;
  • Retenção de líquido;
  • Cólica;
  • Sensibilidade nas mamas.

O que as grávidas devem evitar no  primeiro trimestre?

Outrossim, estes são alguns cuidados simples e a orientação profissional através do pré natal podem evitar riscos para a mãe ou para o bebê. Entenda:

  • Não utilizar qualquer medicamento sem orientação médica;
  • Não consumir bebidas alcoólicas ou cigarro;
  • Evitar o consumo excessivo de chás e cafeína;
  • Atividades físicas devem ser orientadas por um profissional;
  • Evitar comer alimentos crus, por exemplo, carne, peixe e ovos;

Cuidados na gestação: Como se manter saudável  durante a gravidez?

Durante a gestação é comum que o organismo da mãe necessite de maior aporte de nutrientes e vitaminas. Para que não ocorra carências nutricionais que são ruins para a mãe e o feto, é recomendado que a gestante mantenha a rotina de consultas e exames pré-natais e procure acompanhamento nutricional, em virtude de manter uma dieta balanceada e rica em nutrientes.

Alguns nutrientes são especialmente essenciais para uma gravidez saudável, tais como:

  • Ácido fólico: presente em espinafre, feijão-branco, brócolis, laranja, repolho branco, fígado bovino, abacate, grão-de-bico, lentilha, escarola, pão de centeio.
  • Vitaminas do complexo B: encontrada em carne bovina, peixe, ovos, banana, leite e derivados e cereais integrais.
  • Cálcio: carnes, grãos e vegetais verde-escuros.
  • Ferro e Zinco: presentes em fígado, carnes e leite.
  • Iodo: sal iodado, frutos do mar e peixes de água salgada
  • Fibras: encontradas em verduras, legumes, frutas e cereais integrais, como aveia, trigo, milho e arroz.

Logo que todas essas vitaminas são essenciais para uma gestação forte e saudável. Em resumo, não deixe de consultar um nutricionista e um obstetra que serão capazes de te auxiliar melhor nesse processo.

Alguns sinais diferentes podem ocorrer durante a gravidez

Ademais, alguns sintomas incomuns que a gestante pode apresentar, mas que precisam de uma avaliação diferenciada para evitar consequências maiores.

  • Roncos: devido ao inchaço que ocorre nas mucosas, o ronco repentino pode ocorrer durante a gravidez, entretanto, outras causas devem ser avaliadas e excluídas, como distúrbios do sono e doenças alérgicas;
  • Alterações no paladar: a mulher pode alterar o paladar, sentindo gosto metálico na boca durante todo o dia, persistindo até quando ingere algum alimento ou escova os dentes;
  • Alterações na visão: é comum que mulheres que já precisam de lentes corretivas antes da gestação, sinta mudanças no grau necessário, tanto para melhor quanto para pior. As alterações hormonais e inchaço contribuem para essa mudança. Entretanto, a diabetes e a hipertensão arterial também. Então, essas alterações devem ser compartilhadas com o obstetra logo que apareçam para que sejam melhor investigadas;
  • Prisão de ventre: Muitos fatores podem contribuir para alterações no hábito intestinal da gestante. Por isso, manter uma boa ingesta de líquidos e fibras contribuem imensamente, com o intuito de evitar a prisão de ventre.

Quais são as dores mais comuns na gravidez?

É importante investigar e valorizar as dores, especialmente em gestantes. Algumas dores são frequentes durante a gravidez, como:

  • Dor de cabeça;
  • Cólica;
  • Dor nas costas;
  • Dor e sensibilidade nos seios;
  • Dor nas pernas e braços.

Quais os principais exames de gravidez no primeiro trimestre?

Primeiramente, no início da gravidez é recomendado o exame de Beta HCG, que consiste em uma coleta de sangue e valores aumentados estão relacionados ao diagnóstico da gestação. Logo que confirmarem a gestação, outros exames são necessários e importantes para avaliar a saúde da mãe.

Também é recomendada a realização de um exame de imagem, o ultrassom, preferencialmente entre a 8ª e a 10 ª semana de gestação. Exames de urina e exames ginecológicos também fazem parte dos importantes exames no primeiro trimestre.

Entretanto, o exame de NIPT, é recomendado especialmente para mulheres grávidas acima dos 35 anos; gestantes com histórico de gravidez anterior afetada com aneuploidias; desde que gestações em que o pai ou a mãe tenham translocação robertsoniana e pacientes com triagem sérica positiva no primeiro ou segundo trimestre de gestação. Mas todas as gestantes podem realizar o exame de NIPT que identifica o sexo do bebe além de alterações cromossômicas.

Fonte: Laboratório Exame

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima