Outubro Rosa: Mamografia preventiva

Outubro Rosa: Mamografia preventiva

A mamografia é o exame que permite a identificação precoce do câncer de mama, o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheres.

De acordo com o INCA, o câncer é o principal problema de saúde pública no mundo e já está entre as quatro principais causas de morte prematura (antes dos 70 anos de idade) na maioria dos países. Realizar exames periódicos é essencial para fazer com que as estatísticas diminuam.

O que é a Mamografia?

A mamografia é um exame radiológico feito nas mamas. Possui alta resolução e fornece imagens detalhadas capazes de identificar precocemente o câncer de mama, antes mesmo que a mulher tenha sintomas.

Estima-se que de 1 a cada 10 mulheres desenvolvem o câncer de mama em algum momento da vida. Realizar a mamografia na periodicidade indicada pelo médico especialista permite que 95% dos casos sejam diagnosticados com maiores chances de cura.

Qual a diferença entre mamografia e o ultrassom da mama?

O ultrassom da mama é um exame de imagem que permite detectar lesões presentes nas mamas, especialmente nas mamas mais jovens e densas. Com o exame é possível visualizar nódulos, cistos, secreções nos mamilos, espessamento do tecido mamário e outras alterações.

A mamografia é um tipo específico de radiografia que possibilita a identificação precoce de alterações nas mamas como calcificações, nódulos e tumores, que podem ser malignos ou benignos. São exames que se complementam entre si.

Quando se deve fazer uma mamografia?

Recomenda-se que todas as mulheres com mais de 50 anos de idade façam a mamografia periodicamente, porém essa idade pode variar, por razoes individuais ou médicas.

Para mulheres com histórico familiar de câncer de mama, por exemplo, sugere-se que o exame seja feito anualmente a partir dos 35 anos de idade.

Quais são os tipos de exames de mama?

Os principais tipos de exames de mama são:

  • Ultrassom de mamas ou Ecografia mamária: exame realizado através de um transdutor que é posicionado sobre as mamas, permitindo a obtenção de imagens para diagnóstico de doenças mamárias. Esse exame é recomendado especialmente para mulheres jovens e gestantes, e como exame complementar a mamografia.
  • Mamografia bilateral tradicional: É a radiografia das mamas.
  • Mamografia digital: Semelhante a mamografia tradicional, após a radiografia, o aparelho digital é capaz de transformar a radiação em sinal elétrico e enviar as imagens para o computador, melhorando a qualidade das mesmas além de permitir a edição, com ampliação de áreas de interesse.

Como a Mamografia é feita?

A mamografia é feita pelo mamógrafo, aparelho que comprime a mama para fornecer imagens de alta qualidade.

Durante o exame, a mulher deve estar posicionada em pé, de modo que o seio fique entre as duas placas do mamógrafo. Para o procedimento ser eficaz, a mulher deve se manter imóvel e segurar a respiração quando o profissional solicitar.

O exame costuma ser indolor, porém incômodo para algumas pessoas.

Pré-requisitos

Para não interferir nas imagens, recomenda-se que, no dia do exame, não utilize desodorante, talco e outros produtos na região das mamas.

Preparos

O único preparo prévio é utilizar roupas leves para facilitar o procedimento.

Contraindicações

O exame é contraindicado para mulheres que não atingiram a idade mínima recomendada para realizar a mamografia e para gestantes.

Duração de exame

Normalmente o exame leva de 15 a 25 minutos para ser feito.

Periodicidade

De acordo com o Ministério da Saúde, mulheres entre 50 e 69 anos devem fazer o exame de mamografia a cada dois anos. Porém, a periodicidade deve ser avaliada pelo médico responsável por cada caso, avaliando antes se há histórico familiar ou alguma necessidade especial.

Tempo de resultado

O resultado da mamografia costuma ficar pronto em até duas semanas.

Fonte: Delboni

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima